CACAUICULTURA

Rondônia tem produtores inscritos no III Concurso Nacional de Qualidade do Cacau

Sebrae apoia na realização das inscrições e na logística na participação

O estado de Rondônia pode estar iniciando uma nova era do Cacau, a exemplo do que já ocorreu no início de sua colonização, desde os projetos de integração, quando a cacauiculura teve grande destaque em nível nacional. O Sebrae em Rondônia apoiou a inscrição de produtores rurais para participaram do III Concurso Nacional de Qualidade do Cacau, realizado pela Brazilian Cocoa Awards.

 

O Concurso Nacional de Qualidade de Cacau Especial do Brasil, desde sua primeira edição em 2018, vem se consolidando como estratégia de valorização da qualidade do cacau brasileiro e mesmo no período de pandemia a adesão dos produtores foi satisfatória. Nas duas primeiras edições foram premiados produtores do Pará, Bahia e Espírito Santo.

 

Rondônia participa com 15% dos inscritos até o momento, o que correspondem a 11 produtores radicados no estado, mais especificamente na região central de Rondônia, notadamente, onde o sebrae está realizando um projeto de atendimento para melhorar a competitividade e produtividade dos participantes. É o Projeto Cacau Sustentável de Rondônia. No escopo do projeto, estão previstas ações como capacitações, orientações, e acesso a novos mercados, beneficiando centenas de empreendedores rurais e, numa última análise, alavancando a economia do estado.

 

Nesta semana (19), as amostras dos participantes inscritos foram enviadas à organização do certame para serem avaliadas em suas características físico-químicas, gerando um resultado prévio no início de outubro. O resultado final deve ser anunciado em novembro, em Ilhéus na Bahia.

 

“A participação de nossos produtores é algo relevante, uma vez que buscamos, através das ações do projeto Cacau Sustentável de Rondônia, o resgate de uma atuação que outrora o estado de Rondônia já ocupou e, com inovação, tecnologia, orientações, capacitações e outras intervenções, podemos alcançar tal resultado. Certamente nossos produtores farão bonito nesse concurso”, disse Marcileide Zirondi, analista de negócios do Sebrae na cidade de Jaru e gestora do projeto.

 

A parceria com o Senar, Emater, Idaron e Ceplac,  por meio dos técnicos de campo em Assistência Técnica, apoiaram a seleção dos produtores, para que fosse possível obter as melhores amostras e dos produtores mais especializados, para que Rondônia estivesse bem representado, e com possibilidade de concorrer com os Estados que tem despontado como maiores produtores, a exemplo do Estado do Pará e da Bahia.  “A cada ano teremos mais e mais a expectativa de ter outros produtores participando de concursos de Qualidade pois um melhor posicionamento do nosso Cacau em concursos significará produtos com maior valor agregado para o mercado”, concluiu Marcileide.

 

Saiba mais sobre as ações do Sebrae: acesse o site www.sebrae.ro ou ligue gratuitamente para 0800 570 0800. Você também pode acessar o Sebrae pelo WhatsApp, pelo mesmo número. Siga o Sebrae em Rondônia nas redes sociais: Instagram, Facebook, Twitter, LinkedIn e YouTube.